domingo, 27 de fevereiro de 2011










infinitamente pequenos perante a imensidão deste céu que nos abraça.
nem conquistador, nem tirano
nem espada, nem nem canhão

apenas pincel, nas linhas da tua mão...

17 comentários:

  1. Para dizer como me sinto apenas uma pequena parte da tua imensidão...
    Uma beleza....
    Bom domingo
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  2. apenas admirador e sobrevivente dos dias que passam, e passamos todos por eles...

    pra variar, um belo poema!

    beijinho!!

    ResponderEliminar
  3. O guardião do tempo...

    ResponderEliminar
  4. o guardiao do azul

    belo.

    boa semana!

    beij

    ResponderEliminar
  5. a perfeição está no pormenor. das linhas da mão.
    gostei muito.

    abraços

    ResponderEliminar

  6. · Me encanta esta tann atrevida composición que rompe con todas las normas. Felicidades.

    · um beijo

    CR & LMA
    ________________________________
    ·

    ResponderEliminar
  7. Uma imensa tela sempre á espera de ser preenchida.
    Bj

    ResponderEliminar
  8. Quando a mão é o céu que procuramos...

    Gostei muito!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  9. O sol que nos "guarda" mas com leveza e ternura, numa carícia de "pincel"...
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar
  10. A opção pela inclusão da parede do lado esquerdo, foi uma opção genial.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  11. Uma delícia.
    Vem aí Março e a Primavera.
    O sol resplandecerá, o céu ficará imaculado, todos rejubilaremos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Belo trabalho!
    O efeito das nuvens no Céu proporcionou-lhe uma boa fotografia.
    Por vezes é melhor quebrar as normas do que perder momentos felizes.
    BFS

    ResponderEliminar
  13. Belo trabalho...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  14. Também vou ver se arranjo um guardião assim; ele vigia, eu descanso. Depois trocamos: eu durmo e ele toma conta das ocorrências...

    ResponderEliminar
  15. SAUDADES...



    CONVITE

    A Direcção da Casa de Angola tem a honra de convidar V.Exa. para a apresentação do livro
    Caminhei&caminhando de Lili Laranjo, bem como a inauguração da exposição de pintura da mesma autora intitulado Angola no meu coração a realizar no dia

    8 de Abril pelas 17h, que terá lugar no nosso auditório.

    Na mesma data organizamos um jantar no nosso espaço gastronómico.

    Para reservar queira por favor contactar os nossos serviços.
    Com os nossos melhores cumprimentos

    Miguel Sermão
    Egidio Feijó
    Departamento Cultural



    Travessa da Fabrica das Sedas, nº7
    1250-107 - Lisboa
    Telef. 21 386 3496

    ( Este Convite é um pedido para ter os amigos e os amigos dos amigos.. o jantar será caldeirada de cabrito e a preço económico.)

    ResponderEliminar

um minuto
uma palavra
uma presença
obrigada