quinta-feira, 3 de junho de 2010































vendo a sorte em bilhetes fora de prazo. pregões de promessas adiadas.
fogem as certezas de dias melhores. insisto...para que acreditar não seja (im)possível.
serão mágicos os números (?) ou apenas nossa, a vontade de acreditar(!)
jogo a vida para não me tornar jogo nas suas mãos.
re-sis-to. re-sis-to. RESISTO
nascem forças entre as daninhas ervas da descrença.
eu. nas linhas mestras que traçam os meus dias. suavidade das linhas de seda, com a força de nós cegos.
eu. em descoberta permanente.
a sorte traçada nas linhas da minha mão!

37 comentários:

  1. jogo na crença de desatar nós
    em que a vida me atou
    adiando certezas que não consigo segurar
    nas linhas das mãos em que me aposto

    ResponderEliminar
  2. Somos incrivelmente fortes. Somos resistentes guerreiros na luta incansável, da sobrevivência e dignidade. Somos heróis todos os dias.

    Beijos no olhar!!!

    ResponderEliminar
  3. a vida é uma lotaria...às vezes lá nos sai o jackpot...mas é raro!!!


    beijo

    ResponderEliminar
  4. Traças com perfeição e singularidade as linhas de emoção que aqui percorremos. Seja qual for a temática que esteja a reverberar em si, para espargir cá em todas as nossas possíveis linhas imagináveis. Não sei qual causa mais impacto, se a denúncia da desesperança que assola todos os povos, os conflitos interiores, as diversidades...

    Mas as tranças poéticas resistem em delicados filigranas de seda.

    Beijinhos e ótimo resto de domingo!

    ResponderEliminar

  5. Una foto formidable. El blanco y negro le va muy bien.

    beijos

    CR & LMA
    ________________________________

    ResponderEliminar
  6. A nossa sorte está nas nossas mãos....
    A própria vida é o jogo...
    Brilhante o texto e perfeita a foto...
    Obrigada pela visita...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  7. E a sorte não lhe augura nada de bom, pelo menos o brilho do olhar à muito que se foi...

    ResponderEliminar
  8. "vendo a sorte em bilhetes fora de prazo."

    Queremos todos um bilhete assim (:
    Beijo*

    ResponderEliminar
  9. e no entanto está lá a linha do destino, quer dizer resiste, também.bjo

    ResponderEliminar
  10. Brilhante texto,precisei parar um pouco para pensar rs.
    Parabéns,beijokas milllllllllllllllllllll

    ResponderEliminar
  11. Um minuto
    lINdo...oque leio e vejo

    Deixo para ti

    CRIANÇA DE LONGE



    Criança...
    Criança de longe...
    Criança sofrida...
    Criança mal tratada...


    Tanto sofres...
    Tens o teu dia...
    Tens os teus direitos...
    Mas...


    Apenas em papel...
    Pois a sociedade...
    Nada te dá...
    Não te protege...
    E muitas vezes...


    Pobre criança...
    Vemos...
    Que te deixamos morrer!...


    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  12. Tudo na vida deveria ser um surpresa e nada antecipado. Entende? És uma óptima retratista! Beijo

    ResponderEliminar
  13. A FOTO ESTÁ FANTÁSTICA...GOSTEI MUITO...ACOMPANHADA DE UM TEXTO MUITO BOM,PONDERADO,SUCINTO...POÉTICO...ACREDITAR NA VIDA...NAS NOSSAS ACÇÕES...SERÁ QUE A SORTE ESTÁ ESCRITA NA PALMA DA MÃO...PREVIAMENTE ESCRITA...OU SOMOS NÓS QUE VAMOS ESCREVENDO DIA A DIA ...NO PRESENTE...A DITOSA SORTE QUE QUEREMOS OU NÃO...
    GRANDE É A DESCRENÇA...POR ISSO ALGUNS SUCUMBEM AO DESESPERO DO SUICÍDIO , DA BEBEDEIRA... DO COMPRIMIDO...DAS DROGAS...E ÀS MALHAS DO CRIME...
    MAS A FORÇA POSITIVA...É A CAPACIDADE DE REVERTER O NEGATIVO EM POSITIVO E QUE LIVRA DESSES MALES MAIORES...

    TENHAMOS ESPERANÇA ...MESMO QUE FEITA DE PÓ E CINZA...

    BEIJO

    ResponderEliminar
  14. A nossa vida está nas nossas mãos, não foi traçada à priori...os nossos sonhos são para se tentarem realizar, não podemos consentir que eles nos comandem (como diz um poeta) nós é que temos que os "comandar", que os perseguir...e resistir aos desvios que nos possam distrair.
    Abracinho

    ResponderEliminar
  15. e xogar na vida
    dobre ou nada...

    un retrato fascinante que amosa expresividade ao longo de cada surco da faz do protagonista.

    bicos :)

    ResponderEliminar
  16. Temos que acreditar sempre,,,mesmo quando tudo parecer contrario a nossa vontade...beijos de otima semana pra ti.

    ResponderEliminar
  17. Excelente imagem! Soberbas linhas

    ResponderEliminar
  18. A minha sorte é viver dia a dia e nem pensar muito...
    Adorei este post está lindissimo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Você me faz feliz mesmo quando a vida me faz triste.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Sobre a foto: a solidão de quem vive entre dois mundos sem pertencer verdadeiramente a nenhum deles.
    Sobre o texto: a força nasce sempre na coragem de acreditar e na serenidade de esperar.Nós semeamos pensamentos e colhemos de acordo com a qualidade da semente...ninguém semeia joio á espera de colher trigo...ninguém semeia tristeza á espera de colher alegria...
    É claro que colocar isto em prática nem sempre é fácil....mas vale a pena...

    Beijinho destas terras do Lis.

    ResponderEliminar
  21. Olá, belo retrato...belo texto...Excelente....
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. um P&B magnifico! e aprecio as palavras sensíveis e simultâneamente fortes que a acompanham! :)

    ResponderEliminar
  23. E o que é a sorte?
    Bela fotografia, adoro o contraste de cores a preto e branco.
    beijinho*

    ResponderEliminar
  24. Antes comprar a sorte fora de prazo, a comprar o azar dentro do prazo. ;-)

    ResponderEliminar
  25. Excelente retrato!belo e artistico. Muitos parabéns

    ResponderEliminar
  26. "a sorte a mim já não me chama"

    beijos, amiga

    ResponderEliminar
  27. E nas linhas da tua mão há coisas maravilhosas que virão...
    Bjs

    ResponderEliminar
  28. "eu. em descoberta permanente.
    a sorte traçada nas linhas da minha mão!"
    Mas olha que a sorte quase sempre dá imenso trabalho...
    Gostei do teu texto, muito bom.
    Querida amiga, bom resto de semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  29. *
    resistir,
    á sina, ao destino,
    ao fadário de ser humano . . .
    ,
    conchinhas,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  30. Eu acho que cada um de nós tem um desígnio e um erro.

    O segredo da nossa vida estaria aí, na dupla descoberta.

    Enquanto ela não acontecer, a gente vai jogando com uma ideia benigna de sorte e azar, conforme as conveniências e as chances.

    Bjs

    ResponderEliminar
  31. Vende-se a sorte nas pedras da rua, no tempo que passa, tempo vestido de nada, de solidão e de tortura... porque a sorte não chega, a sorte é sempre curta para quem vende e para quem compra...

    ResponderEliminar
  32. Simplesmente fantásticas... imagem e texto... Muitos Parabéns pela conjugação.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos,
    AA

    ResponderEliminar
  33. A vida é um jogo que jogamos a cada instante, hoje em dia cada vezes mais
    beijinhos

    ResponderEliminar
  34. Meu blog está completando um ano de existência.
    Agradecemos suas visitas. Você faz parte da vida deste blog.
    R. Ferrari

    ResponderEliminar
  35. Belas imagens... mas "estamos" um pouco desactualizados. Falta novos post's.

    Abç

    ResponderEliminar
  36. Eu que nada sei, "arrisco" a afirmar que as tuas fotos são espectaculares! Seria difícil escolher.

    Bjo
    Fatima

    ResponderEliminar

um minuto
uma palavra
uma presença
obrigada