sábado, 10 de abril de 2010
















não se cruzam!
linhas paralelas são incompatíveis ao toque.
envelhecem na ferrugem corrosiva das manhãs cinzentas.
sobrevivem à sombra da sua própria sombra!

*desculpem a ausência

33 comentários:

  1. Passando para desejar um grande final de semana.

    ResponderEliminar
  2. Olá,

    é com prazer que venho até aqui, para conhecer, para agradecer visita lá no "Prosas....".

    Obrigada.

    Voltarei para acompanhar
    Alex

    ResponderEliminar
  3. Nem sempre deslindamos os mistérios das sombras...
    Foto interessante num cruzamento brilhante com as palavras....
    Obrigada pela visita
    Até já
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  4. Tás desculpada... lol

    Saudações benfiquistas ...

    ResponderEliminar
  5. Eu cá não te perdoo a ausência, apesar calcular os teus afazeres! Não desculpo!

    ResponderEliminar
  6. Muito bonita a sua postagem.
    Obrigado pela sua visita.
    Um beijo grannnnnnnnnnnde

    ResponderEliminar
  7. Até terem sombra...
    Seja benvinda no seu regresso, fez-me falta.
    Abracinho

    ResponderEliminar
  8. Que tenhamos em nossas vidas sempre linhas que se cruzam,,,otimo final de semana pra ti,,,beijos

    ResponderEliminar
  9. Fotografia e texto excelentes...! Gostei!
    E com esta postagem fica a ausência desculpada:)Bjs,
    AA

    ResponderEliminar
  10. a vida só tem sentido se tivermos com quem partilhar as emoções....e em lugar de linhas paralelas teremos vidas cruzadas, partilhadas, numa comunhão de sentimentos e emoções que, no fundo, são os afectos que nos fazem viver.

    Bom regresso
    Bom domingo
    beijinho

    ResponderEliminar
  11. Gostei do regresso, longos os minutos de ausência!
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. É verdade. São mesmo incompatíveis...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. O que importa é que tenhas voltado...
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. depende da perspectiva. as linhas paralelas da vida encontram-se no ponto de fuga da morte. nem tudo se corrompe, nem tudo enferruja, nem tudo morre. há caminhos honestos, lubrificados, vivos! à espera de serem descobertos...

    ResponderEliminar
  15. Bem visto, e bem dito.

    Bem vinda.

    Bêjo

    ResponderEliminar
  16. bela foto... será o fim de uma vida e o princípio de outra?


    um beijo
    luísa

    ResponderEliminar
  17. Que sobrevivam, é o mais importante. De resto, tudo acaba por se resolver.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  18. quantas vidas paralelas que julgamos não se cruzarem... e de facto não se cruzam fisicamente, mas estão ligadas, numa fusão de alma.
    Voltou, que bom
    ~universosquestionáveis~

    ResponderEliminar
  19. reciosa imagen para unos hermosos y snsibles sentimientos.
    un saludito

    ResponderEliminar
  20. E dão optimas fotos. Belo resultado.
    Parabéns

    ResponderEliminar
  21. *
    acinzentadas
    sombras . . .
    ,
    conchinhas, deixam,
    *

    ResponderEliminar

  22. Me gusta la foto, me gusta la idea expresada.
    Sobreviremos a nuestra sombra.

    beijos

    CristalRasgado & LaMiradaAusente
    ________________________________

    ResponderEliminar
  23. é ao ser paralelo que se olha na mesma direcção, até que a manhã não mais amanheça.

    um beijo

    ResponderEliminar
  24. A ausência é desculpável, mas não é aceitável. :-) :-)
    Espero que a ausência tenha sido por motivo bons e que tenha aproveitado para tirar centenas de fotografias boas. :-)

    ResponderEliminar
  25. Tudo enferruja até nós. Magnífico detalhe. Beijo

    ResponderEliminar
  26. Olá, bela fotografia...belas palavras...Espectacular....
    Um beijo

    ResponderEliminar
  27. ... é verdade. Quantas pessoas passam paralelas à nossa vida com frequência e não damos por elas. Umas vezes, felizmente, outras nem por isso.

    Beijos e sorrisos.

    ResponderEliminar
  28. Claro que existe sempre o "anti-ferrugem" ;) com a finalidade (ou não) de procurar as...simetrias:)

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  29. Quando se segue na vida por linhas paralelas, o reencontro é impossível, e a dor e o sofrimento são inevitáveis.

    ResponderEliminar
  30. Ausencia disculpada, e sobre todo con fotos coma esta :)

    Apertas

    ResponderEliminar
  31. Um textículo que me deixou muda de tão grande e reflexivo que é... Ainda bem que já estás de volta.

    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  32. MUITO BEM...LINHAS PARALELAS NUNCA SE TOCAM,NUNCA SE CRUZAM...SÃO INIMIGAS...SEGUEM EM FRENTE SEM SE OLHAREM...SEM SE FALAREM...NUNCA CORREM RISCOS...EU PREFIRO AS CONCORRENTES OBLÍQUAS...POR ISSO ESTOU AQUI...GOSTO DE ATRAVESSAR...MAS NÃO DE PASSAR À FRENTE...

    FOI FELIZ ESSA ANALOGIA...BOA FOTO

    BEIJINHO AMIGO

    ResponderEliminar

um minuto
uma palavra
uma presença
obrigada