sábado, 15 de janeiro de 2011























agarro a verdade com as duas mãos
aperto-lhe o pescoço para que não fuja.
sobrepõe-se às palavras o fino nevoeiro da mentira.
doce mel que escorre traiçoeiro...
é real a mentira por ser quem é
ou ganha corpo na nossa vontade de acreditar?

de olhos fechados, entre as nuvens aventureiras
de uma qualquer promessa sem corpo consistente
ouço a estridente voz endiabrada a perguntar:
de quantos sóis se faz uma fogueira?

silêncio...duro, rude na deserta paisagem
cinzas no chão queimado, de um qualquer Verão sem marca no calendário.

32 comentários:

  1. a palavra mentira é tão dura... que quebra em nós as outras verdades que nos chegam algumas vezes, só algumas vezes...
    escutei um provérbio árabe outro dia e achei-o bem interessante: "se tu mentes a primeira vez, a culpa é sua, mas se tu mentes a segunda, a culpa é minha".

    Estou encantada com o Ary, foi um presente.

    Beijos e ótimo final de semana!

    ResponderEliminar
  2. HÁ QUEM MINTA E ACREDITE TANTO NA SUA PRÓPRIA MENTIRA QUE A TRANFORMA EM VERDADEIRA ...SÓ QUE É UMA VERDADE DISTORCIDA...

    A VERDADE TRIUNFA MAIS CEDO OU MAIS TARDE...A MENTIRA ATÉ PODE SER MAIS ESPERTA E CONSEGUE IR LONGE MAS VAI MASCARADA E UM DIA TROPEÇA...

    SÁBADO LUMINOSO

    ResponderEliminar
  3. duas verdades, duas bocas, dois olhares, duas leituras... três

    diversos beijos

    ResponderEliminar
  4. Lindissimo poema numa imagem deliciosamente bela.

    ResponderEliminar
  5. No meu ventre encontras esta espécime.

    ResponderEliminar
  6. A verdade acima de qualquer coisa, sempre.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. A verdade fugiu e deixou-nos com essa mentira que nos queima a alma....
    Brilhante...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  8. Uma fogueira faz-se de tantos sóis como aqueles que conseguirmos atear!

    ResponderEliminar
  9. Já Padre António Vieira dizia:
    "Há muito tempo que a mentira se tem posto em pés de verdade, ficando a verdade sem pés e com dobradas forças a mentira..."
    O seu poema tem uma umas "nuances" tão bonitas, tão suaves...
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar
  10. A mentira é a morte da confiança,,,realmente ela destroi tudo,,,grande beijo de otima semana pra ti querida.

    ResponderEliminar
  11. diz-se que a verdade sempre virá ao de cima...

    mas a mentira insistentemente repetida é como um véu que nos cobre de verdade.

    há que descobrir onde mora a verdade no meio de tantas falsidades...

    bjos

    ResponderEliminar
  12. gostei muito do poema. invejável talento poético.

    beijos

    ResponderEliminar
  13. por vezes dificuldade é descobrir onde reside a verdade e a fantasia
    beijos

    ResponderEliminar
  14. (lendo o texto todo para não fazer asneira outra vez)

    APERTAR O PESCOÇO À VERDADE?!? Mas a foto foi tirada onde, em Guantanamo?!?

    ResponderEliminar
  15. Agarra-te à verdade. à tua verdade , sempre!

    ResponderEliminar
  16. A verdade é sempre muito fugidia e, por isso, bastante difícil de agarrar...
    Excelente poema, querida amiga. As tuas palavras encantam-me, sempre.
    Boa semana, beijos.

    ResponderEliminar
  17. Há mentiras que nos queimam e no entanto deixa-mo-nos arder com medo da verdade...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  18. Não gosto da mentira. Sempre que alguém usa de mentira é prá esconder seus medos, sua covardia, ou mesmo, a escuridão de teu próprio ser.

    Beijos de passarinho!!!

    ResponderEliminar
  19. agarra a verdade, para que nao seja mentira...

    um trabalho de inegavel talento.

    parabéns

    um beij

    ResponderEliminar
  20. em tempo!

    uma imagem belissima!

    beij

    ResponderEliminar
  21. O teu poema está extraordinário mas a imagem arrasa!
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Excelente!
    É sou um indefectível da autenticidade.
    A mentira incomoda-me.
    A verdade, pelo contrário agrada-me.
    Aliás, o Bem, o Belo e a Verdade são três categorias filosóficas.

    Bjs

    ResponderEliminar

  23. · Hermoso resultado. Las fotos de flores pueden ser realzadas con tratamientos arriesgados.

    · Um beijo

    CristalRasgado & LaMiradaAusente
    ________________________________
    ·

    ResponderEliminar
  24. A verdade a cima de tudo...mais vale uma verdade dolorosa...que uma mentira piedosa...
    Beijo d'anjo

    ResponderEliminar
  25. Bela fotografia e poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  26. A tua poesia me envolve, a tua fotografia me completa. Entende? Beijo

    ResponderEliminar
  27. felicitaciones por el post y un saludo!

    ResponderEliminar
  28. Excelente tratamento e detalhe.
    Fotografia muito boa.

    ResponderEliminar
  29. A vida é feita, nos seus muitos minutos, de incorências... Amnésia/Recordação... Mentira/Verdade...

    Mas só nos faz sentido se assim for. Aliás se não houvesse dor, como saberiamos o que era o prazer?

    Um abraço

    ResponderEliminar
  30. A vida é, nos seus diversos minutos, muitas vezes incoerente... Amnésia/Recordação... Verdade/Mentira...

    Mas se assim não fosse, e se não houvesse dor, como poderiamos nós saber a que sabe o prazer?

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  31. passei para desejar um bom fim-de-semana.
    bjocas

    ResponderEliminar
  32. Poema con muito sentimento e moi interesante. unha aperta

    ResponderEliminar

um minuto
uma palavra
uma presença
obrigada